Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dia número 55 do Suplício

por tron, em 17.05.20

Mais um dia de trabalho já com o software de trabalho acualizado e com uma enxaqueca daquelas porque mal dormi de noite porque tive uma noite de pesadelo porque foram mexer com coisas que não deveriam de ter mexido e hoje pura e simplesmente não vi o telejornal e por acaso enquanto o caso da pequena Valentina não estiver resolvido e não mudarem de canal então eu vou fazer o teletrabalho para a rua e quero lá saber da multa.

Se querem saber novidades sobre o assunto oiçam rádio e com fones como eu faço quando quero ouvir heavy metal, ao menos não incomoda quem está a volta.

De resto em termos laborais foi dia tranquilo embora afectado pela enxaqueca que não me largou de forma nenhuma e faltando duas semanas para a minha consulta do neurologista é mais uma preocupação para mim porque mais informação tenho que passar ao médico e isto pode ser uma situação que me afaste do meu trabalho por motivos de saúde.

Vou tentar ser mais forte que estes problemas mesmo que eles aparentem ser mais fortes que eu e depois vejo o que a sorte me reserva porque é mesmo assim estou nas mãos do destino e daquilo que eu fizer dele porque sou eu que o escrevo, pelo menos penso assim embora haja quem pense de forma diferente.

Foi um dia com dores físicas e espirituais em igual peso e que no dia seguinte se vão sentir no meu corpo, mas tenho que as vencer, tenho que ser mais forte porque nestes 41 anos de vida já tenho a minha dose de dores e estas dores das quais estou em fase de recuperação apenas são mais algumas que entram para a lista...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:14

Dia número 54 do Suplício

por tron, em 16.05.20

Mais um dia de trabalho onde o trabalho foi o escape para eu fugir de recordações de infância que estavam no fundo da minha memória, as quais não queria lembrar por nada deste mundo.

Foi um momento de pesadelo do qual quase nem pode fugir se não fosse o facto de estar a trabalhar com música bem alta o que ajudou a esquecer esta dor da alma que me consumiu bastante o espírito.

Dei por mim a trabalhar de forma mecânica porque há eventos transmitidos pelas notícias que trazem o pior de nós ao cima e fazem recordar coisas esquecidas e que estão arquivadas numa qualquer subcave da nossa memória e se não fosse o meu hábito de ouvir música enquanto trabalho, eu simplesmente ontem não teria conseguido trabalhar e teria que procurar ajuda psiquiátrica num hospital mesmo que me contagiasse de forma acidental com o Covid-19.

Tenho memórias da minha vida que gosto e quero manter esquecidas e só me acalmei ao ver durante a madrugada o concerto de tributo a Freddie Mercury, porque se não a esta hora nem dormir eu tinha conseguido e considerar alguns seres "humanos" é forçar muito a definição do conceito de Humanidade.

Hoje para mim vai ser dia de trabalho e quem me fizer algo que me recorde a infância tenebrosa que eu tive, vou ficar chateado com esta pessoa seja qual for porque há coisas que eu não quero lembrar por nada deste mundo, sobretudo estando a trabalhar em casa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:22

Dias números 48 e 49 do Suplício

por tron, em 11.05.20

Estes dois dias além do primeiro ter sido marcado por trabalho e uma chata tendinite de esforço que nem lembrava ao diabo e com uma depressão que nao me larga, o segundo foi marcado pela continuação das dores físicas provocadas pelo esforço de trabalhar sem ter o material mais adequado, todavida, estas dores aprendo a viver com elas.

Nem vou falar neste entrada nos meus ossos do ofício porque estes quase davam uma sopa e o que mes estragou em definitivo o final da semana foi crime que vitimou a pequena Valentina e ainda veio tornar mais doloroso este meu confinamento que parece não ter fim anunciado.

Esta situação se torna mais insuportável tanto por factores externos como por factores internos e sendo assim fico no limite para pedir para parar, e felizmente pedi férias para a semana dos santos populares porque contava ir almoçar com o pessoal do curso de formação onde estive a tirar o 12º ano mas isto está fora de cogitação e fico a pensar noutra forma de passar estas férias se elas me forem atribuídas nem que seja ir as compras ou ir ao Oceanário.

Apenas espero ver esta peste vinda da China controlada e volatizada e que a mesma se volatize com as duas barbies da saúde que são uma incompetência completa e voltar ao meu posto de trabalho porque não tenho muitas condições para realizar teletrabalho, mas fico a espera do parecer do meu neurologista porque se ele der um parecer negativo então vou ter que sair e mudar de agulha e depois é a vida...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:38


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Links

  •  
  • Casa - Mãe