Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dia Número 53 do Suplício

por tron, em 15.05.20

Dei um passeio no meu dia de descanso e deitei um olhar pelas lojas apesar da chuva e ver tudo fechado por casua desta pandemia foi muito doloroso de ver e algumas até que se poderiam adaptar caso o quisessem, mas ou má vontade ou sempre contar com o turismo foi a sua condenação e deixa espaço para outros.

Por outro lado vi que estava mesmo a precisar de sair porque estar fechado sempre a trabalhar e com os ascultadores a debitarem música para me manter concentado nesta espécie de back-office que faço não é muito saudável para a psique de ninguém e tive mesmo que apanhar apesar da chuva de Maio assim um pouco deslocada no tempo.

Não sei se a reconstrução que está a ser feita com passos de bebé vai safar o meu posto de trabalho, mas hoje notei que preciso mesmo de uma ajuda para a minha saúde mental porque não ando mesmo bem e depois trabalho tanto que voltaram as enxaquecas "kamikaze" que atromentaram tanto a mim quando a minha mãe ainda era viva e sei quando elas aparecem nunca é bom sinal para mim.

Amanhã mais um dia de trabalho para tentar chegar aqueles objectivos impensavéis porque tenho que ter algum brio profissional e não sou nenhum chatbot e depois quem sabe no domingo se dou uma volta na tradução que deixei em banho-maria e ando a contar os dias para ir a consulta do neurologista porque estou mesmo, mas mesmo a precisar de ajuda na saúde mental e daqui a pouco estou a ligar para á area do Saúde 24 que cuida desta área e aproveitar que o meu operador de comunicações está a oferecer as chamadas para o Saúde 24.

Este confinamento já não está a ir lá com os meus vícios: leitura e café e nem ouvindo os Queen ou alguma banda de metal gótico a coisa vai ao sítio, apenans quero ver esta reconstrução nacional feita antes que eu tenha que mudar de agulha laboral por motivos de saúde

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:52

Dia número 44 do Suplício

por tron, em 05.05.20

Mais um dia de teletrabalho, mais um dia de reclusão enquanto o país se reconstroi aos poucos depois da pandemia do coronavírus, mas se levanta uma grande pergunta interna que quando é que voltarei a trabalhar no call center e deixo esta rotina do back-office que me está a afectar cada vez mais a mente e o corpo.

No final do mês tenho consulta de neurologia e não sei qual vai ser a opinião do médico sobre a minha situação mental e se o médico me marcar uma ida a psiquiatria ou psicologia eu vou e depois vejo qual será a opinião dos possíveis especialistas e se disserem que tenho que sair do call center, bem assim seja e até certo ponto seria positivo para mim e fica a lição de não voltar a repetir o mesmo erro porque quem sabe se mudar de emprego ou voltar para outro curso ficarei melhor do ponto psíquico.

Nunca se sabe o dia de amanhã e muito menos o que vai ser dito pelo médico daqui a três semanas, é mesmo isto nunca se sabe o futuro e somos nós que desenhamos o nosso prórprio futuro.

Não sei mesmo nada sobre o futuro do meu emprego ou se chego a voltar a activa a 100% ou se tenho que mudar a minha agulha para outro emprego qualquer aproveitando a reconstrução da nação do seu maior desastre desde 1755 e esta mudança de agulha ser positiva para mim e para a minha família porque não dá para dar uma situação como a estou a viver em termos laborais que pode se tornar insustentável para mim e para todos que me rodeiam....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:41

Dia número 43 do Suplício

por tron, em 04.05.20

Mais um dia passou com um tédio de domingo que meteu nojo tirando o facto de ter ido comprar máscaras, ter lido e ter avanaçado na minha tradução.

De resto foi ver mais um dia a exourar sem grande ânimo, ainda por cima sendo dia da mãe que para mim é algo que deixei de contar para mim há 5 anos e depois a minha família próxima não me diz nada, não me fala o que ainda mais me deixa afectado mentalmente.

Amanhã recomeça a rotina de trabalho e mais uma semana de de de labuta diária e de vida chata que parece me estar a chupar a minha energia vital e a queimar a minha psique aos poucos e já disse que a minha mulher notou que tenho que procurar um perito e é que tenho mesmo.

Agora é pensar cada dia na sua vez e vamos ver como vai correr a semana porque vou estar mesmo na pastilha do esgotamento num mês onde tenho a consutla do meu neurologista que ele não vai achar muita graça da maneira como a minha psique está a fucnionar e que a mesma está mesmo a frtitar. e se ter que tomar anti-depressivos, então alguém irá ser responsabilizado....

 

 

 

A vida é mesmo lixada

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:37


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  
  • Casa - Mãe